06/09/2017


Albendazol – Para que serve, Bula, Efeitos Colaterais, Posologia.

Este é um medicamento muito utilizado por pessoas que desejam acabar com o problema de vermes ou algum outro parasita em seu organismo.

São doenças que provocam muito incomodo em seus portadores, este é um medicamento que promete realizar o melhor tratamento contra este tipo de situação.

Os componentes do albendazol foram colocados pensando na maior eficácia para matar os parasitas e tirar esse problema de sua vida. O princípio deste remédio é o de proporcionar um ambiente desagradável ao verme que está instalado no corpo.

É indicado para o tratamento de adultos e também de crianças, além disso pode se encontrar em forma liquida ou sólida no mercado. Ambas possuem a mesma eficiência no combate a esses parasitas.

ALBENDAZOL PARA QUE SERVE

Como foi mencionado no tópico acima, o albendazol é muito indicado para pessoas que estejam sofrendo com algum tipo de parasita e precisam eliminá-lo de seu corpo.

As complicações mais conhecidas e que o remédio tende a tratar, são os seguintes:

·         A doença de ascaridíase;

·         Enterobíase;

·         A complicação de necatoríase;

·         Giardíase que dá muito nas crianças.

E outras doenças que são ocasionadas por vermes e parasitas de diferentes tipos. É preciso se atentar a bula, pois nela constam todos os tipos de doenças as quais o remédio se torna eficaz.

POSOLOGIA – COMO TOMAR ALBENDAZOL

Por ter em dois formatos, as maneiras de se tomar são diferentes. É possível encontrar o albendazol na forma de comprimido ou até mesmo em gota. Para saber qual é o mais indicado, é preciso ter a orientação de um profissional.

Em relação ao uso dos comprimidos, é possível mastigar ou ingerir com água. Para um adulto não tem problema tomá-lo de forma inteira, mas para uma criança talvez ocorra de ter dificuldades na ingestão.

Por isso o ideal é triturar o comprimido ou dá-lo para que ela possa mascar o remédio. Se possível dar um copo de água junto.

A via oral através do liquido, ou melhor dizendo, por meio de xarope, deve ser consumida após agitar bem o produto.

O ideal é que os resultados comecem a aparecer após três semanas de uso do medicamento, caso não aconteça nenhuma mudança, é preciso consultar um médico.

As doses devem ser sugeridas pelo médico, assim como os horários para tomar o medicamento. E devem ser praticados corretamente.

CONTRA-INDICAÇÕES

Todos os remédios possuem contra indicações, ou seja, não são todas as pessoas que podem tomar este tipo de medicamento. Sendo assim, conheça quais os casos em que o albendazol não é indicado:

Pessoas que sejam gestantes;

Mulheres em período de amamentação;

Suspeita de gravidez;

Pessoas com pretensão de engravidar;

Crianças com idade menor que dois anos.

Este é um medicamento que contém substancias que podem prejudicar essas situações citadas acima. Sendo necessário evitar o uso por esse tipo de pessoas.

Em outros casos o médico deve ser consultado para o uso com total cuidado para se ter melhores resultados.

INTERAÇÃO COM OUTROS MEDICAMENTOS

A única restrição com relação ao uso do albendazol é com a utilização junto a outros medicamentos da mesma linha. Um bom exemplo é o mebendazol, não se deve consumir os dois ao mesmo tempo.

EFEITOS COLATERAIS DO ALBENDAZOL

As reações mais corriqueiras de que faz uso desse medicamento são as dores de cabeça com certa frequência, diarreia, vertigem, vomito, enjoo, dores estomacais. São os mais frequentes.

Fonte:www.dicasdesaude.eco.br

Copyright © 2010 ForteFarma. Todos os direitos reservados.